Continuo à espera

Imagem por: ~Verlasse

Naquela tarde
o sol despencou no horizonte
tingindo o céu de vermelho.

Eu só queria eternizar aquele momento
não esquecerei,
tenha certeza.

Sua partida me deixou uma angústia
que doía o peito,
que esmagava meu coração.
Aguentei-a em silêncio.

Quem sabe a gente
se vê ainda algum dia?

Ainda estás dentro de mim.

Te quero por perto.
Te quero perto de mim
tal e como você é
seja como for,
seja em qualquer lugar.

Te quero.
Espero.

5 comentários:

  1. Sempre o interior esperando. Sempre a razão seguindo em frente.
    dá saudade mesmo.

    ResponderExcluir
  2. A espera, o querer, o sentimento misturado!!!

    Lindo demais!!^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. O mais dificil que um coração apaixonado pode fazer é esperar e é ai também que encontramos a forma e força do verdadeiro amor...



    ;*

    ResponderExcluir
  4. Ah, me identifiquei muito com esse post.
    Querendo, esperando. Mas temos que agir um pouco, né?
    Lindo, lindo.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. 'aguentar a angústia em silêncio'...

    Sei tão bem como isso é doloroso. É uma ferida que vai crescendo em vez de cicatrizar. Um buraco que vai ficando fundo em vez de se fechar.

    Que o amanhecer seja mais bonito que o entardecer dessa poesia, Maíra.

    =)

    Lindíssimo. Beijo grande.

    ResponderExcluir

Todos os comentários são lidos e moderados previamente. Se quiser entrar em contato, falar alguma coisa e que esta não seja publicada, é só avisar. Fora isso, algumas regrinhas:

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Ofensas pessoais, ameaças e xingamentos não são permitidos;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...